Consequências do Diabetes – Como prevenir e evitar esses males

consequências do diabetesMuitas pessoas ignoram o alcance das consequências do diabetes, tanto em saúde como em sua qualidade de vida. O excesso de glicose no sangue podem causar sérios danos nos órgãos do corpo, tais como o coração, olhos, vasos sanguíneos e rins.

É importante destacar que, a doença pode provocar danos nos vasos sanguíneos pode levá-lo a ter um acidente vascular cerebral ou um ataque do coração.

Cabe destacar que os efeitos do diabetes sobre a saúde do corpo depende do tipo de diabetes que o paciente tenha. Existem dois tipos principais do doença: tipo 1 e tipo 2.

Diabetes Tipo 1

A diabetes tipo 1, também conhecida como juvenil, é um problema originado no sistema imunológico, este ataca as células responsáveis pela produção de insulina no pâncreas, evitando que o corpo produza insulina. No tipo 1, o paciente deve se submeter a tratamentos de insulina para viver. Este tipo da doença pode apresentar-se em crianças e pessoas jovens.

Diabetes Tipo 2

A diabetes tipo 2 é propriamente a resistência à insulina. Esta ocorre em pessoas de idade avançada, apesar de agora muitas pessoas jovens também estão sendo diagnosticadas com diabetes tipo 2; devido a um estilo de vida sedentário, maus hábitos alimentares e pouca atividade física. Na diabetes tipo 2, o pâncreas não utiliza a insulina de forma eficaz. Isto origina que as células do corpo não obter a energia de que precisam proveniente do açúcar no sangue.

Consequências Graves da Diabetes

Quando detectada a tempo, a doença pode ser controlada de forma eficaz. No entanto, quando uma pessoa com diabetes não tratada, pode ter complicações perigosas para a sua saúde.

A insulina é um hormônio produzida pelo pâncreas, esta facilita o processo de extração do açúcar dos alimentos que nós consumimos para obter a energia que as células necessitam. Quando este processo é deficiente, as células não recebem esta energia vital e é quando se lidam com quase todos os sistemas do corpo, do corpo, dando lugar a consequências que podem ser muito graves, que são citados a seguir.

Conheça alguns dos principais danos que a doença causa:

1. Danos visuais

Em pacientes diabéticos a doença provoca glaucoma na vista, ou seja, uma lesão do nervo óptico causada pelo aumento da tensão ocular. Se este problema está avançado, o diabético pode ficar cega e sem poder reverter o dano. Outro dano visual são a retinopatia diabética, esta consequência provoca vazamentos de que, se não tratada a tempo ocasionam sangramento e outro tipo de problemas que levam ao descolamento da retina. As quedas são muito frequentes em pessoas que sofrem desta doença da terceira idade.

2. Pé diabético

Para que possa descobrir se você tem pé diabético tem que apresentar os seguintes sintomas: dor e redução da temperatura nos pés. Você também pode ter alterações dos reflexos, sensação de formigueiro, secura da pele e feridas que não cicatrizam.

3. Doença renal

Em pacientes diabéticos, ao evitar que o corpo utilize a glicose de forma correta faz com que esta fique no sangue em vez de metabolizar, causando toxicidade e problemas inflamatórios e degenerativos, em que os rins. A glicose no sangue faz com que os resíduos não se possam eliminar, de forma eficiente, o que origina uma infecção renal na pessoa diabética, isto é conhecido como a nefropatia diabética. Neste tipo de doença renal, o paciente precisar de diálise ou de um transplante de rins.

4. Neuropatia

Outro dos danos que produz a diabetes é a neuropatia. Esta doença provoca sérios danos nos nervos, uma pessoa diabética tem que tomar algumas precauções para evitar sofrer problemas no sistema nervoso e circulatórios. Os nervos dos pés são os primeiros a sofrer alguns danos com o passar do tempo, os braços e as mãos. Um dos sintomas mais comuns desta neuropatia periférica são dormência e dor. Também existe a neuropatia anatômica, a qual coloca os nervos que mantêm o funcionamento da digestão, micção e a função sexual.

5. Danos psicológicos e sociais

Esta é uma das consequências mais comum em todas as pessoas diabéticas, já que a diabetes não é apenas uma doença do paciente, mas sim uma doença que afeta o ambiente familiar, já que os familiares são afetados, de diferentes maneiras, devido aos problemas de humor ou depressão em que pode cair o paciente diabético.

6. Disfunção sexual

Se a pessoa diabética não controla a glicemia durante um bom período pode provocar algumas lesões no sistema nervoso e circulatório, fazendo com que o diabético sofra de impotência sexual.

7. Aterosclerose

A diabetes provoca acúmulo de gordura nas artérias do corpo, fazendo com que o sangue flua de forma inadequada, o que ocasiona problemas no cérebro, extremidades e no coração.

Referências: